Ferramentas Pessoais
:: Entrada O que é...? Automação industrial O que é um Autómato?
Acções do Documento

O que é um Autómato?

O que é um Autómato?

Autómato

Num mundo em constante evolução tecnológica os automatismos entraram de tal forma nos nossos hábitos que muitas vezes nem damos conta de como nos facilitam a vida; estão presentes nas escadas rolantes, nas portas automáticas, nas caixas multibanco, nos elevadores, nos semáforos, no controlo da iluminação, nos edifícios inteligentes, nas linhas de montagem das fábricas e, de uma maneira geral, nas instalações onde é necessário implementar um processo de manobra, controlo, sinalização ou outro.
 
O autómato é, por excelência, a "máquina" responsável pelo comando dos sistemas automatizados. Trata-se de um equipamento electrónico programado pelo utilizador, com funcionamento cíclico assegurado por um programa que, devido à facilidade de uso e preço cada vez mais atractivo, entrou definitivamente na automatização dos pequenos e grandes sistemas.

O autómato pode ser considerado como um computador cuja arquitectura, sistema operativo, linguagem de programação, entradas/saídas e forma construtiva estão especialmente adaptados para aplicações de controlo industrial. Está concebido para funcionar em ambientes industriais agressivos (temperatura, vibrações, microcortes na tensão, ruído eléctrico, etc.), por isso, é também um equipamento muito robusto.
 
A evolução da electrónica possibilita o fabrico de autómatos de dimensões cada vez mais reduzidas, económicos, potentes, robustos, fiáveis, adaptados às pequenas e às grandes aplicações e de montagem e utilização simples.

Os autómatos, nos dias de hoje, estão dotados de funções específicas de controlo e canais de comunicação que permitem ligá-los entre si e a computadores em rede, formando um sistema integrado com as vantagens e possibilidades que daí resultam.


INESC Porto - Laboratório Associado    Ciência Viva    Programa Operacional Ciência e Inovação - 2010    Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional